Connect with us

Pop

'Acima de qualquer suspeita' une cunhados Jake Gyllenhaal e Peter Sarsgaard em mistério de tribunal

Published

on


Em entrevista ao g1, atores falam sobre voltar a trabalhar juntos na 1ª série de Gyllenhaal. Produção que estreia nesta quarta (12) atualiza livro e filme de 1990, estrelado por Harrison Ford. Jake Gyllenhaal e Peter Sarsgaard falam sobre ‘Acima de qualquer suspeita’ 
“Acima de qualquer suspeita” é daquelas séries que tem tantas credenciais que fica até difícil elencá-las por importância. Em ordem aleatória, a história de mistério, assassinato e tribunal é:
a primeira série da longa carreira de Jake Gyllenhaal, indicado ao Oscar de ator coadjuvante por “O segredo de Brokeback Mountain” (2005);
o reencontro dele com seu cunhado, Peter Sarsgaard (casado com Maggie, irmã de Jake), em papeis opostos;
uma nova adaptação do livro best seller de Scott Turow. O filme de 1990 foi estrelado por Harrison Ford;
e o encontro de David E. Kelley, ex-advogado e produtor de televisão gigantesco que criou clássicos como “Ally McBeal” e “Big little lies”, e J. J. Abrams, diretor de dois dos três filmes da trilogia mais recente de “Star Wars”.
Os dois primeiros episódios estreiam nesta quarta-feira (12) na Apple TV+, a plataforma de vídeos da fabricante do iPhone. Os outros seis capítulos serão lançados semanalmente.
Mistérios
A série segue a mesma trama de livro e de filme, mas atualiza alguns dos pontos que não envelheceram tão bem.
Gyllenhaal interpreta o mesmo personagem que foi de Ford, um promotor respeitado que se torna o principal suspeito do assassinato de sua colega e amante (Renate Reinsv).
Jake Gyllenhaal e Renate Reinsve em cena de ‘Acima de qualquer suspeita’
Divulgação
Enquanto tenta manter a família unida, ele luta para provar a inocência e enfrenta no julgamento o antigo rival vivido por Sarsgaard.
A experiência parece ter sido agradável para a dupla, que, além da proximidade familiar, já trabalhou junta em filmes como “Soldado Anônimo” (2005), “O suspeito” (2007) e “O culpado” (2021).
Pareados para uma série de entrevistas de divulgação, dois dos atores mais talentosos de sua geração ficam tão relaxados a ponto de Peter soltar um alto (e bem fiel) miado antes mesmo da primeira pergunta, para a consternação de Jake – e do repórter.
A experiência não impede que a conversa prossiga, por mais que o mistério por trás da razão de tal manifestação seja maior até que o da série.
Estreia
Ao contrário do cunhado, Sarsgaard já esteve em um bom número de séries. Pela mais recente delas, “Dopesick”, recebeu uma indicação como ator coadjuvante ao Emmy.
Apesar de tantas boas experiências, não foi isso que determinou a estreia de Gyllenhaal como estrela de uma série própria após 33 anos de carreira (com 43 de idade, o ator começou cedo, com 11).
“Vi o Peter fazer algumas de suas melhores atuações no longo formato da televisão. Vê-lo fazer isso foi definitivamente uma grande influência para mim”, diz ele.
“Mas, para mim, realmente foi uma questão de estar interessado no formato e também trabalhar com David E. Kelley e J. J. Abrams e ter a oportunidade de meio que explorar.”
“Para mim, não importou necessariamente se era televisão ou um filme, era um grupo de pessoas fazendo algo muito interessante que eu queria estar envolvido.”
O-T Fagbenle e Peter Sarsgaard em cena de ‘Acima de qualquer suspeita’
Divulgação
Detestáveis
“Acima de qualquer suspeita” não é do tipo de série com um herói claro. Também não é possível considerar o protagonista um anti-herói.
Pelo menos ao longo dos sete primeiros episódios, disponibilizados para a imprensa, todos são potenciais suspeitos – e a inocência do personagem de Gyllenhaal nunca é garantida.
Do outro lado, o promotor vivido por Sarsgaard também é um dos homens mais detestáveis da ficção recente. Aos 53 anos, o ator não se preocupa com isso.
“Muita energia é gasta, da parte dos atores em todos os lugares, em fazer o público gostar deles o tempo todo. Se você não se preocupar com isso, aparentemente muitos públicos se perguntam por que não queremos que gostem”, afirma o americano.
“Não é que eu quero que você não goste dele. É que eu não estou preocupado se você vai gostar dele. Estou só seguindo para onde ele me leva. O ponto de vista dele. As únicas pessoas que estou tentando convencer na série não é você, é o júri. Essas são as pessoas que eu penso a respeito, que quem eu sonho, que eu quero convencer.”
Jake Gyllenhaal e Bill Camp em cena de ‘Acima de qualquer suspeita’
Divulgação

Anúncios

Pop

Episódio de 'Os Simpsons' com atirador em comício é suspenso por canal britânico um dia após atentado contra Trump

Published

on


O episódio nem cita, nem faz referências a Trump. Mesmo assim, a emissora suspendeu a exibição por possível semelhança. Cena de episódio de ‘Os Simpsons’
Reprodução
A emissora britânica Channel 4 cancelou a exibição de um episódio do desenho “Os Simpsons”, no domingo (14). A mudança na programação aconteceu um dia após Donald Trump sofrer um atentado num comício, nos Estados Unidos.
Intitulado “Lisa the Iconoclast”, o episódio estava programado para ir ao ar às 13h. Em uma de suas cenas, a personagem Lisa discursa no pódio de um comício e é se torna a mira de um atirador.
O episódio nem cita, nem faz referências a Trump. Mesmo assim, a emissora suspendeu a exibição. No dia anterior, o candidato presidencial republicano discursava para seus eleitores quando os disparos foram feitos.
Trump foi atingido de raspão na orelha direita. Na sequência, ele foi escoltado por seguranças e retirado do palco. O ex-presidente já recebeu alta e deixou o centro médico que o atendeu.
Serviço Secreto dos EUA identificou há semanas um plano do Irã pra assassinar Trump

Anúncios
Continue Reading

Pop

Torcedor mirim viraliza ao reclamar de show de Shakira na final da Copa América

Published

on


Criança argentina lamentou apresentação de 30 minutos da cantora no intervalo do jogo. ‘E ainda cantou em inglês.’ Torcedor mirim viraliza ao reclamar de show de Shakira na final da Copa América
Reprodução-Twitter
Um torcedor mirim argentino viralizou ao aparecer em uma entrevista reclamando do show da apresentadora na final da Copa América 2024, que aconteceu no domingo (14).
Shakira fez um show de 30 minutos no intervalo da partida entre Argentina e Colômbia. E como o jogo ainda foi para a prorrogação, o repórter da TV argentina C5N comenta com o garotinho que a partida “não terminava mais”.
Embora tenha visto seu time ser o campeão do campeonato, o pequeno torcedor argentino concorda com o comentário e, ainda, emenda uma crítica à cantora colombiana.
“Sim! E esta Shakira, também… Trinta minutos pra fazer esse show de merda. E ainda cantou em inglês.”
Sem reação, o repórter se despede do garoto. Nas redes sociais, o vídeo do torcedor mirim provocou diversos comentários.
“Amamos a Shakira, mas nesse caso, ele tem toda a razão”, escreveu um internauta. “Coitada da Shakira”, disse outro. “Ele tem razão. Por que ela cantou em inglês em uma final entre latino-americanos?”, questionou mais um.

Anúncios
Continue Reading

Pop

Ryan Reynolds e Hugh Jackman, de Deadpool & Wolverine, visitam o Maracanã

Published

on


Ao lado da atriz Emma Corrin, do diretor Shawn Levy e dos jogadores do Flamengo Pedro e David Luiz, os astros entraram no gramado do Maracanã, bateram pênaltis e vibraram com a presença no campo histórico. Elenco de Deadpool & Wolverine conhece o Maracanã
Os astros do filme Deadpool & Wolverine estiveram nesta segunda-feira (15) no Maracanã, na Zona Norte do Rio, e vibraram com a experiência de entrar em campo e balançar as redes no estádio histórico.
Os astros Ryan Reynolds, o Deadpool, e Hugh Jackman, o eterno Wolverine, assim como a atriz Emma Corrin e o diretor Shawn Levy, foram recebidos pelos jogadores do Flamengo Pedro e David Luiz no campo do Maracanã.
Pedro, Emma Corrin, Ryan Reynolds, Hugh Jackman, Shawn Levy e David Luiz no campo do Maracanã
Divulgação
Além do encantamento com o estádio, os astros puderam bater uma bolinha no campo histórico. Todos fizeram questão de registrar o momento em suas redes sociais.
Em cobrança de pênalti, o ator que faz o anti-herói Deadpool nos cinemas vibrou por fazer um gol no Maracanã. Na opinião de Ryan Reynolds, “há poucas coisas melhores do que marcar um gol em um estádio sagrado”. Ele também destacou a emoção do diretor Shawn Levy.
“Se eu tivesse que escolher um, seria a comemoração gratuita após o gol, onde se abandona toda humildade, graça e equilíbrio. Preste muita atenção em Shawn Levy. Este era o seu Waterloo. Esta era a hora dele”, escreveu Reynolds em suas redes sociais.
Ryan Reynolds vibra após marcar um gol no Maracanã
Reprodução redes sociais
O passeio pelo Maracanã faz parte de mais uma ação para o lançamento do filme Deadpool & Wolverine, que no Brasil estreia no próximo dia 25 de julho.
“É um sonho estar aqui no Maracanã. Eu sou um grande fã de futebol e sempre quis visitar este estádio histórico”, disse Reynolds.
Hugh Jackman visitou o Maracanã em ação para divulgar o filme Deadpool & Wolverine
Reprodução redes sociais
Apesar da visita acontecer em um dia sem jogo oficial, a força do estádio fez Hugh Jackman sonhar em conhecer o estádio lotado.
“Eu fiquei imaginando a energia neste lugar quando está cheio de fãs. (…) deve ser incrível. É fácil ver por que ele é considerado um dos estádios mais icônicos do mundo”, comentou o Wolverine.
Mais cedo, Reynolds, Jackman e Levy postaram tomando café em um hotel com a bela vista da Praia de Ipanema, na Zona Sul do Rio.
No domingo (14), Hugh Jackman também aproveitou o dia para andar de bicicleta pela orla e conhecer um pouco das praias de Ipanema e Leblon.
Elenco de Deadpool & Wolverine no Rio nesta segunda-feira (15)
Reprodução
Wolverine passeando pela Zona Sul do Rio
Reprodução redes sociais
Assista o trailer de Deadpool & Wolverine:
Assista ao trailer de ‘Deadpool & Wolverine’

Anúncios
Continue Reading

0 Items Found

No listings found.

Em alta